Menos casamentos religiosos

No jornal “Público” de hoje, em destaque, vem a referência à diminuição dos casamentos religiosos em Trás-os-Montes.

Numa peça junto à notícia aparecem as declarações de um “sociólogo” que refere que tal acontece porque a igreja católica perdeu autoridade.

Este senhor deve estar baralhado, como é que pode afirmar isso? Autoridade da igreja? Uma entidade que não é fiel à sua essência nem autoridade moral consegue ter. A outra perdeu-a de vez com o 25 de Abril, o que ainda sobrava da autoridade que ganharam na idade média. Uma sociedade em que a igreja tem autoridade é uma sociedade pouco evoluída; quando um sociólogo afirma que a igreja perde autoridade devia referir que a sociedade evoluiu na educação e na independência de ideias. A essência da igreja é o Amor ao próximo, a tolerância e o perdão. A igreja, tal como se apresenta ao mundo, recusa aceitar sacerdotes com base no género, recusa aceitar pessoas com base na orientação sexual e recusa perdoar, pelo que, não tem, nem merece ter, qualquer tipo de autoridade a não ser em regimes totalitários que utilizam a fé como meio de controlar o povo.

Não esquecer, tambem, que a igreja não é tão severa a julgar os seus, o que indicia não uma busca da pureza mas um certo corporativismo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: